“Três dias de experiência com a inclusão e a diversidade.”

É o que o Hospital Ritinha Prates promoveu de 17 a 19 de outubro, com a vinda do Educador Social, Alex Duarte, do projeto Cromossomo 21 e do coordenador do projeto Renato Passos. “Era um sonho trazer o Alex para Araçatuba. Ele renova nosso espírito de inclusão”, destacou Zila Moreira, Coordenadora de Captação do Hospital Ritinha Prates.

O roteiro iniciou no dia 17, com a visita a UniToledo. Alex realizou uma palestra para a turma do segundo semestre de jornalismo, sob a coordenação da professora Melissa. O debate permitiu que os jovens discutissem de que forma a Comunicação Social pode trabalhar a favor da inclusão. “Alex me fez pensar sobre meu papel como comunicadora. Foi decisivo e relevador este encontro, um dos mais importantes da minha vida”, contou a estudante Beatriz Pavarini.

As atividades continuaram na manhã do dia 18 de outubro, nas instalações do Hospital Ritinha Prates. Alex promoveu uma dinâmica para melhorar ainda mais o clima da organização, que segundo ele, já era nota 10. “A técnica Intenção do Dia, criada por Tânia Zambon, foi um presente para o hospital, que já tem um clima e um espirito de união além da curva. Eles fazem o trabalho com muita entrega e paixão.”, ressaltou o diretor do filme Cromossomo 21. Na oportunidade, o projeto Cromossomo 21 concedeu entrevistas para o programa da SBT de Araçatuba e da Rádio Cultura 95.

A noite de quinta-feira foi o mais esperado. Além da exibição do filme, Alex trouxe uma palestra transformacional no Shopping Praça Nova. Mais de 300 pessoas tiveram a oportunidade de reavaliar sua vida com dinâmicas de Gestão Emocional e Empoderamento. A vivência “Além da deficiência” também trouxe cases de pessoas com deficiência que estão conquistando a independência e autonomia. Os exemplos ajudaram os participantes a conhecer uma outra realidade sobre a inclusão no Brasil.

SOBRE O HOSPITAL RITINHA PRATES

Sem fins lucrativos, a Associação de Amparo do Excepcional Ritinha Prates (AAERP) existe há 40 anos. Trabalha na área da saúde e inclusão social, por meio do Hospital Neurológico Ritinha Prates (HNRP), com a prestação de serviços especializados a pessoas com deficiências neurológicas, auditiva, física e visual. O HNRP atende atualmente 60 usuários em regime de internação hospitalar (cuidados de longa permanência). A entidade também é a mantenedora do Centro Especializado em Reabilitação III – Ritinha Prates (CER III Ritinha Prates). Entre os seus valores está o tratamento humanizado, além do respeito a conceitos éticos, morais, ambientais e filantrópicos.

 

Saiba mais sobre as nossas palestras.