ALÔ Pato Branco!

No dia 23 de Agosto, Alex Duarte estará realizando a palestra ” Como Empoderar Pessoas com Deficiência” na Sociedade Rural, às 20:00 horas.

O evento será realizado em parceria com a Associação dos Iguais nas Diferenças.

SOBRE O EVENTO:

A palestra traz uma experiência enriquecedora sobre como lidar com as diferenças, julgamentos e fortalecer nosso estado emocional. Alex Duarte trabalha o empoderamento pessoal, como buscar atitude mental positiva e ver a deficiência como algo que alavanca as oportunidades e jamais segrega as pessoas. Durante a palestra, Alex abordará as práticas inclusivas do guia do seu novo livro, “Como Empoderar Pessoas com Deficiência”, que faz parte da sua recente pesquisa sobre a autonomia das pessoas com Síndrome de Down, e de que forma é possível transformar limitações em autonomia e independência. Na contramão dos discursos que insistem em procurar explicações biológicas, catalogar sintomas e comportamentos padrão para pessoas que tenham em comum diagnósticos e categorias, Alex Duarte nos proporciona pensar que os limites estão nas situações culturais que nos envolvem e que muitas vezes atribuem a características orgânicas o caráter do não aprender. Alex irá mostrar também um conteúdo exclusivo da Expedição 21, com um estudo na prática sobre como o ambiente favorece o desenvolvimento de pessoas com síndrome de Down e outras deficiências.

LOCAL: Sociedade Rural – R Benjamin Borges dos Santos, 1121 – Fraron – Pato Branco, PR

HORÁRIO: 20:00h

ENTRADA: 15,00 Reais ( valor será doado para a Associação dos Iguais nas Diferenças )

INSCRIÇÕES: https://lets.events/e/palestra-como-empoderar-pessoas-com-deficiencia-alex-duarte/

CONTATO: Adriana 46 999731425 / Patrícia 46 999077214 / Leidi 46 999736794 / Adriane 46 30251179

Aprenda:

*Como despertar a motivação do seu filho para a vida adulta

*Canais de comunicação para melhorar o relacionamento e diálogo

*Vencer julgamentos e preconceitos

*Capacitar e desenvolver atitudes que impulsionam a independência

*Capacidade de mudanças e paradigmas

*Compreender a diversidade com evolução pessoal