Alô, Porto Alegre!

No dia 28 de Agosto, Alex Duarte estará realizando a palestra ” Como Empoderar Pessoas com Deficiência” no Auditório da Procuradoria Geral da Quarta Região, às 15:00 horas.

O evento será realizado em parceria com a Prefeitura de Porto Alegre e o Ministério Público do Trabalho do Rio Grande do Sul.

SOBRE O EVENTO:

A palestra traz uma experiência enriquecedora sobre como lidar com as diferenças, julgamentos e fortalecer nosso estado emocional. Alex Duarte trabalha o empoderamento pessoal, como buscar atitude mental positiva e ver a deficiência como algo que alavanca as oportunidades e jamais segrega as pessoas. Através de dinâmicas, Alex abordará também as práticas inclusivas do guia do seu novo livro, “Como Empoderar Pessoas com Deficiência”, que faz parte da sua recente pesquisa sobre a autonomia das pessoas com Síndrome de Down, e de que forma é possível transformar limitações em autonomia e independência. Na contramão dos discursos que insistem em procurar explicações biológicas, catalogar sintomas e comportamentos padrão para pessoas que tenham em comum diagnósticos e categorias, Alex Duarte nos proporciona pensar que os limites estão nas situações culturais que nos envolvem e que muitas vezes atribuem a características orgânicas o caráter do não aprender. Haverá também a exibição de um conteúdo exclusivo da Expedição 21, com um estudo na prática sobre como o ambiente favorece o desenvolvimento de pessoas com síndrome de Down e outras deficiências.

LOCAL: Auditório da Procuradoria Geral da Quarta Região, Rua Otávio Francisco Caruso da Rocha, 800 – Térreo, Bairro: Praia de Belas

HORÁRIO: 15:00h

ENTRADA: GRATUITA

INSCRIÇÕES: https://www.sympla.com.br/palestra-como-empoderar-pessoas-com-deficiencia-com-alex-duarte__601782

CONTATO: (51) 3289-2334 / semanapcd@portoalegre.rs.gov.br

Aprenda:

*Como despertar a motivação do seu filho para a vida adulta

*Canais de comunicação para melhorar o relacionamento e diálogo

*Vencer julgamentos e preconceitos

*Capacitar e desenvolver atitudes que impulsionam a independência

*Capacidade de mudanças e paradigmas

*Compreender a diversidade com evolução pessoal