Em Gramado, no dia em que o homem completou 50 anos da sua chegada na lua, o projeto Cromossomo 21 lançou luzes e um novo olhar para autonomia das pessoas com Síndrome de Down. A pré estreia do documentário Expedição 21– Uma jornada pela Independência, do Diretor e Educador Social Alex Duarte, lotou o Palácio dos Festivais, local onde acontece o Festival de Cinema de Gramado.

As maiores representações da inclusão social de 22 Estados do país acompanharam a cerimônia e exibição do documentário, avaliando essa experiência como um divisor de águas para o movimento da inclusão. “Vocês abriram uma porta que até hoje ninguém ousou abrir”, destacou Dr Zan Mustacchi, geneticista, PH e um dos maiores especialistas em Síndrome de Down do Brasil.Na ocasião, Alex também realizou a pré- venda do seu terceiro livro “Como empoderar pessoas com deficiência. Dentre as autoridades presentes, estiveram prestigiando a vice-governadora de Santa Catarina Daniela Reinehr, e do Deputado Estadual Eduardo Loureiro, autor do Programa Estadual de Orientação sobre a Síndrome de Down.

Também contou com o pronunciamento em vídeo da Primeira Dama da República, Michele Bolsonaro, que destacou a importância do projeto Cromossomo 21 para a inclusão do nosso país.

SOBRE A EXPEDIÇÃO

Considerada uma experiência disciplinar e motivadora, a Expedição 21 apresentou uma metodologia de aprendizado em formato de imersão, onde os participantes foram separados em 3 times: Autonomia (Equipe Amarela), Maturidade (Equipe Preta) e Protagonismo (Azul). Desde o momento em que entraram na casa, as equipes passaram por provas que exigiam responsabilidade, energia, trabalho em equipe, criatividade e principalmente tomada de decisão. Tiveram ainda aulas didáticas com convidados da área de empoderamento, direitos e deveres e moradia independente.PESQUISA CIENTÍFICA- Após a Expedição 21, um dos participantes, o escritor Vinicius Streda, 28 anos, está morando sozinho. Em novembro deste ano, os resultados serão transformados em uma pesquisa de cunho cientifico, organizado pelo neurocientista Fernando Pinto Gomes e um grupo de pesquisadores de São Paulo.

Confira as fotos da pre-estreia: