Projeto Cromossomo 21 criou experiência para Moradia Independente

Durante os dias 5 a 8 de Novembro, 18 jovens com Síndrome de Down irão viver uma experiência pioneira em suas vidas: aprender na prática como é morar sozinho. Eles estarão participando da primeira Imersão para Pessoas com Deficiência Intelectual da América Latina, a Expedição 21, com um detalhe importante: sem a presença dos pais. A iniciativa é do diretor e autor do projeto e do filme Cromossomo 21, o Educador Social Alex Duarte, reconhecido pela ONU e premiado em Hollywood com suas iniciativas em favor da inclusão social.

A experiência vai acontecer na cidade de Jurerê Internacional/SC, em uma mansão adaptada para receber jovens que foram selecionados de diversas partes do Brasil. Eles também terão a oportunidade de aprender com mentores da área de neurociência, comportamento humano, saúde mental e empoderamento. O programa será filmado, e vai se tornar um documentário de entretenimento e um livro de cunho cientifico que servirá de pesquisa para a implantação do modelo de moradia independente no país. “Queremos oportunizar que estes jovens se deparem com novas possibilidades e interesses de protagonizar suas vidas, o que inclui pensar e escolher onde morar, com quem morar e quando morar independentemente”, revelou Alex Duarte.

PARTICIPANTES- Mais de 100 jovens de diversas partes do Brasil e de outros países latino- americano inscreveram-se gratuitamente pelo site do Cromossomo 21. Destes, 18 foram selecionados. São eles:

  • Renato Sophia (Vilha Velha/ES)
  • Pâmela de Andrade( Florianópolis/SC)
  • Thamiris Barbosa( Belo Horizonte/BH)
  • Bruno Ribeiro( Recife/PE)
  • João Marcos Porto (Niterói/RJ)
  • Fernanda Honorato( Rio de Janeiro/RJ)
  • Jéssica Mendes (Brasília/DF)
  • Isabela Correia (Ponta Grossa/PR)
  • Tathi Piancastelli(Miami/EUA)
  • Fernanda Machado(Porto Alegre/RS)
  • Luan Mogis(Belo Horizonte/BH)
  • Samuel Sestaro(Santos/SP)
  • Paula Werneck( Rio de Janeiro/RJ)
  • Vinicius Streda (Santo Cristo/RS)
  • Matheus Rocha (Caxias do Sul/RS)
  • João Vicente Fiorentini (Porto Alegre/RS)
  • Isabella Zolini (Belo Horizonte/BH)
  • Liane Colares (Brasília/DF)

OFICINEIROS- A Expedição 21 é um treinamento que vai despertar a liderança e auto-estima dos participantes, com oficinas e métodos embasados em três pilares: o empoderamento (reconhecimento do sujeito e seus recursos internos), estruturação psíquica (laços sociais e sua estrutura objetiva para enxergar habilidades e capacidades), e comportamento social(como entender regras sociais, inclusive nas redes sociais). O objetivo é que eles descubram seu potencial e a partir desta descoberta possam fazer suas próprias escolhas.

A coordenação da Expedição está a cargo do Educador Social Alex Duarte e terá como mentores, o Especialista em Estudos em Empresariais e Marketing da University of West London, Renato Passos; a Especialista em Saúde Mental e Neuropsicopedagogia, Emília Gamma ; a Mestre em Planejamento Social e Diretor do Instituto JNG, Flávia Poppe; a especialista em Comportamento Humano e Coach de Equipes, Tânia Zambon; e a Advogada e Presidente da Comissão de Direito das Pessoas com Deficiência da Oab, Ludmila Hanisch.

APOIO- A Expedição 21 é uma iniciativa do projeto Cromossomo 21 e tem o apoio de empresas que acreditam na responsabilidade social e que associam a sua marca a diversidade. São elas: Instituto Tânia Zambon, Dr Carlos Rover, APVS, Group Car, TZ Grupo, Cancian Imóveis, Pool Track, Hiper Bem, Canoas Fitness, D Kolves, Iepsis e da IBRAP.

As inscrições para a próxima turma já estão abertas aqui